(41) 99821-2381 pecaoracao@gmail.com

“nossas instituições devem ser honradas por aqueles aos quais incumbe guardá-las”. (Gilmar Mendes)
O “SUPREMO” monte de merda disse isso, deve ser por isso que esse merda continua evacuando pelos salões da Suprema Corte, como se o Brasil fosse obrigado a aturar a sua flatulência.

Conforme dito por uma fonte do palácio: “Manifestação é constitucional, desde que ordeira, sem violência ou destruição do patrimônio público ou privado. Ninguém no governo falou que a manifestação é contra o congresso e muito menos contra o STF.”

E segundo Alexandre Garcia: Trata-se de uma manifestação legal. O Congresso tem todo o direito de manifestar-se contra o Presidente, isto posto, o Presidente também tem todo o direito de manifestar-se contra o Congresso.
E uma pergunta interessante do próprio Alexandre Garcia: “Será que o Congresso está tão bom assim, que tem tanta gente defendendo o Congresso?”

“Todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público, independetemente de autorização, desde que não frustrem outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local, sendo apenas exigido prévio aviso à autoridade competente” – (Alexandre Garcia)

“Perguntar não ofende: vejo uma polêmica inútil – se não revogaram o direito de manifestação previsto na alínea XVI do artigo 5 da Constituição, que é cláusula pétrea, o que estão discutindo?” – (Alexandre Garcia)

Nhonho escreve em seu twitter:
“Criar tensão institucional não ajuda o País a evoluir. Somos nós, autoridades, que temos de dar o exemplo de respeito às instituições e à ordem constitucional. O Brasil precisa de paz e responsabilidade para progredir.
Só a democracia é capaz de absorver sem violência as diferenças da sociedade e unir a Nação pelo diálogo. Acima de tudo e de todos está o respeito às instituições democráticas.” (@RodrigoMaia – 26/02/2020)

Foi exatamente por esse motivo, e por termos visto quanta gente com codinomes estão investidas de poder, que votamos e elegemos o Capitão Jair Messias Bolsonaro, e não achamos nem um pouco interessante que pessoas que atendem pelo nome de “Botafogo”, “Inca”, “Amigo do Amigo de meu pai”, entre outros, que possam imaginar-se dando o exemplo e dessa forma introduzir no País pelo pensamento da extrema esquerda, o que eles julgam ser a paz e a responsabilidade para o progresso.

A isto respondem alguns:
– @CarlaZambelli – “Brasileiros indo pacificamente às ruas defender um governo eleito (e suas prerrogativas constitucionais, como controle do orçamento) não pode configurar “tensão institucional”.
“Autoridade” é o povo brasileiro, a quem as instituições devem servir e não nos servirmos deles.” – @PatriciaPillar – “A tensão está criada! Esperamos mais de vc!!!” – @Airton0535 Airton Borges – “Você não engana mais ninguém.”
– @ElianeFavaretto – “Tava demorando este sujeitinho nojento aparecer #EuApoioBolsonaro vc é um canalha vc só fala para esquerda.”
– @CarlosM76276710 Charles Gioia – “Criar tensão contra BANDIDO que recebe propinas de empreiteiras, devia ser natural em toda democracia. Vigaristazinho.
PF acusa Rodrigo Maia e Cesar Maia de três crimes por repasses da Odebrecht. Inquérito enviado ao Supremo Tribunal Federal.”

As duzentas e tantas viagens utilizando-se de aviões da FAB que continuam sem explicações junto ao povo brasileiro, isso é exemplo, claro…

– @CarlaZambelli38 – “O Brasil que a oposição quer: Qualquer palavra dita em defesa do Presidente é “golpismo”, “atentado à democracia”, etc…
Qualquer crime que eles cometem contra o Presidente ou seus apoiadores reais ou imaginários é apenas “resistência ao autoritarismo”.

E a água parece já estar batendo na bunda da maioria dos membros de instituições governistas esquerdopatas.
Já diz o ditado: “Quem não deve não teme!”. Como porém, o simples fato de delinquir, já coloca o delinquente em estado de alerta, porque seus atos o acusam; então, é por isso que a quadrilha que opera no STF, na Câmara e no Senado, está nervosinha com a possibilidade de o povo sair às ruas e mostrar claramente que sim, “ESTAMOS APOIANDO O GOVERNO BOLSONARO E TODOS OS DEMAIS INDICADOS POR BOLSONARO.”

E por esse motivo, é que sairemos às ruas no dia 15 de março de 2020, porque sim, estamos de mãos dadas com o General Heleno, o grande “HELENÃO” e também estamos indignados e juntamente com ele, estamos gritando: “FODA-SE” aos membros dos demais poderes que não estejam satisfeitos com o que o Executivo, legitimamente eleito pelo povo, quer.
Se você não quer, é porque você não aceitou ainda a vontade das urnas, portanto está agindo contrário ao ordenamento democrático, previsto na Constituição da República Federativa do Brasil.

Dessa forma, meu caro Toffoli, não adianta você ficar com frases de efeito do tipo: “O Brasil não pode conviver com um clima de disputa permanente”. Lembro-te que quem está no clima de disputa permanente é você e a turminha que te segue, Bolsonaro aliás, já engoliu tanto sapo que merece, que agora saiamos às ruas para guerrear essa guerra que foi instaurada por vocês mesmos.

Portanto de nada adianta distribuir notinhas à essa imprensa comunista e criminosa, que vem atacando Jair Messias Bolsonaro, porque o mundo todo sabe quem é que é de fato o inimigo da nação brasileira.

Caso você não saiba, vou elencar aqui os nomes dos inimigos da nação brasileira: – Dias Toffoli;
– Gilmar Mendes;
– Celso de Mello;
– Rodrigo Maia;
– Alcolumbre;
– Bancada da chuPeTa;
E estes são apenas, uns dos poucos nomes, existem milhares de outros…

Assim é que pode gritar e espernear meu caro Toffoli e capangas, pois desde o primeiro instante, tudo o que vocês têm feito é justamente para a derrocada do governo legitimamente eleito.

O objetivo de vocês é justamente destruir o que o povo vem dizendo, ou seja, dizer que o povo não tem credibilidade e portanto, o que o povo fizer e disser, não terá os efeitos necessários.
E é nesse tom que vem o tal decano, o Celso de Mello dizendo que, caso seja confirmada a mensagem convocando o povo às ruas; aquele que foi legitimamente eleito Jair Messias Bolsonaro:

“a face sombria de um presidente da República que desconhece o valor da ordem constitucional, que ignora o sentido fundamental da separação de Poderes, que demonstra uma visão indigna de quem não está à altura do altíssimo cargo que exerce e cujo ato de inequívoca hostilidade aos demais Poderes da República traduz gesto de ominoso desapreço e de inaceitável degradação do princípio democrático!!!”.

Percebe-se o tom de dignidade que Celso de Mello designa a Bolsonaro quando diz: “a face sombria…”

Em primeiro lugar, Celso de Mello, conforme dito pelo site “O Antagonista”:
“Jair Bolsonaro convocando suas tropas para o protesto contra o Congresso Nacional e o STF”
Podemos dizer ao site “O Antagonista”, assim como ao próprio decano, que “tropas”, é a genitora de cada um.
E que, antes de qualquer defesa ao Congresso e ao STF, que seja melhor analisada, a condição em que essas instituições por seus representantes, tratam e consideram a Instituição da Presidência da República Federativa do Brasil.

Disse mais a indigesta figura:
“O presidente da República, qualquer que ele seja, embora possa muito, não pode tudo, pois lhe é vedado, sob pena de incidir em crime de responsabilidade, transgredir a supremacia político-jurídica da Constituição e das leis da República.”

Bem, ainda que eu quisesse amenizar para a múmia paralítica indicada ao STF pelo José Sarney, que hoje representa o retrocesso e o prenúncio de tudo o que não presta, eu não conseguiria. E essa história, já começou a muito tempo, conforme se percebe pela história contada no livro: “Código da Vida”, de Saulo Ramos, ex-ministro da Justiça responsável pela nomeação de Celso de Mello para o STF no governo Sarney. O ex-ministro Saulo Ramos descreve em seu livro:
— Doutor Saulo, o senhor deve ter estranhado o meu voto no caso do Presidente.

— Claro! O que deu em você?

— É que a Folha de S.Paulo, na véspera da votação, noticiou a afirmação de que o Presidente Sarney tinha os votos certos dos ministros que enumerou e citou meu nome como um deles. Quando chegou minha vez de votar, o Presidente já estava vitorioso pelo número de votos a seu favor. Não precisava mais do meu. Votei contra para desmentir a Folha de S. Paulo. Mas fique tranqüilo. Se meu voto fosse decisivo, eu teria votado a favor do Presidente.

Não acreditei no que estava ouvindo. Recusei-me a engolir e perguntei:

— Espere um pouco. Deixe-me ver se compreendi bem. Você votou contra o Sarney porque a Folha de S. Paulo noticiou que você votaria a favor?

— Sim.

— E se o Sarney já não houvesse ganhado, quando chegou sua vez de votar, você, nesse caso, votaria a favor dele?

— Exatamente. O senhor entendeu?

— Entendi. Entendi que você é um juiz de merda! Bati o telefone e nunca mais falei com ele.”

Em virtude disso, bem sabemos que Celso de Mello é o que é, um juiz de merda.

Ignora além do exposto o fato de que não somente o presidente tem-lhe vedadas inúmeras coisas, como as demais instituições, como as vemos ultrapassando seus limites também impostos pela Constituição e pelas leis da República. Especialmente quando vemos a Suprema Corte a legislar tranquilamente e a invadir espaços que não lhe estão facultados.

E é fato que a democracia está abalada e não é de hoje.
Quem a está abalando?
O presidente que foi legitimamente eleito e que foi afrontado, logo de sua eleição, pela presidente do TSE, quando lhe entregou uma cópia da Carta Constitucional?
Além das inúmeras falas e atos dos diversos membros de todas as casas, que vêm afrontando de forma descarada esse governo e impedindo o mesmo de trabalhar?
A isto chamam solidez democrática? Quando o presidente manda, seja lá o que for e os demais poderes fazem pouco caso, como vem sendo a atuação especialmente da Câmara para com o Ministro Sérgio Moro?

A necessidade de uma convivência harmônica, é justamente o que o General Mourão já vem falando desde aquela reunião na Loja Maçônica em Brasília, quando ele falou das “aproximações sucessivas”.

O problema é que a imprensa seja ela qual for, só entende uma coisa, precisamos dar porradas em alguém, e não podemos bater nos maiores e mais fortes, portanto, vamos bater em Bolsonaro e no povo que não pode nada, e que tem apenas que bancar o PuTeiro funcionando.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 26022020 – Chora menos quem bate mais – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

Share This