(41) 99821-2381 pecaoracao@gmail.com
Deus Em Primeiro Lugar
31 de maio
Mas o próprio Jesus não se confiava a eles... porque ele mesmo sabia o que era a natureza humana.
João 2.24,25
31 de maio de 2020

Demos prioridade à nossa confiança em Deus. O Senhor não confiava em nenhum homem; mesmo assim, ele nunca foi desconfiado, nunca se amargurou, nunca desesperava de ninguém, porque colocava sua confiança primeiro em Deus; confia­va totalmente no que a graça de Deus podia fazer por qualquer ser humano. Se colocarmos nossa confiança primeiro nas pessoas, acabaremos desesperando de todos; tornar-nos-emos amargos, por­que insistimos em que um ser humano seja o que nenhum deles pode ser — absolutamente recto. Nunca confiemos senão na graça de Deus, em relação a nós ou a quem quer que seja.

Demos prioridade à vontade de Deus. “Eis, aqui estou para fazer, ó Deus, a tua vontade”, Heb.10.9.

O homem obedece àquilo que ele vê como uma necessidade; a obediência do Senhor era à vontade de seu Pai. O clamor de hoje é: “Precisamos de fazer alguma coisa, pois os pagãos estão morrendo sem Deus; precisamos ir falar-lhes dele”. Antes demais nada, precisamos ver se as necessidades de Deus estão sendo atendidas dentro nós. “Permanecei, pois… até…” O objectivo deste Colégio é levar-nos a posicionarmos correctamente em relação às necessidades de Deus. Depois que as necessidades de Deus em nós tiverem satisfeitas, então ele abrirá o caminho para que atendamos suas necessidades noutros lugares também.

Demos prioridade à confiança que Deus deposita em nós. “E quem receber uma criança, tal como esta, em meu nome, a mim me recebe”, Mat.18.5. A confiança de Deus está em que ele se dá a nós como uma criancinha. Deus espera que nossa vida pessoal seja uma “Belém”. Estamos porventura na permissão de que nossa vida natural seja lentamente transfigurada através da vida do Filho de Deus em nós? O objectivo final de Deus é que seu Filho possa sair manifestado através de todo o nosso corpo mortal.

Bíblia em um ano: 2 Crônicas 13-14; João 12:1-26

Escrito por Oswald Chambers.

Confira mais devocionais escritos por Oswald Chambers, no original clicando aqui.

Texto retirado e traduzido de Utmost.org

O “Vai” do Nosso Relacionamento

O “Vai” do Nosso Relacionamento

O ensino do Senhor resume-se assim: o tipo de relacionamento que ele exige é impossível, a menos que ele tenha operado em nós essa obra sobrenatural primeiro. Jesus Cristo exige que, ao nos defrontarmos com a tirania e a injustiça, não haja em nosso coração o mais...

O “Vai” da Preparação

O “Vai” da Preparação

Gostamos de pensar que um dia estaremos perfeitos e prontos para toa a boa obra, mas a preparação não é uma posição de alcançar de uma hora para outra; é um processo que precisa ser firmemente mantido e impenetrável até ao seu fim. É perigoso acomodarmo-nos numa...

O Alvo do Missionário

O Alvo do Missionário

Na vida natural, todos aqueles anseios pessoais vão-se modificando na medida que passamos de uma fase para outra mais solidificada; na vida evangélica, o alvo nos é proposto logo desde o início; o princípio e o fim são o mesmo, isto é, o próprio Senhor Jesus Cristo de...

Share This