(41) 99821-2381 pecaoracao@gmail.com
Está Obcecado Com Algo?
2 de Junho de 2020
Ao homem que teme ao Senhor...
Salmos 25.12
2 de Junho de 2020

Você se acha obcecado com algo? Talvez diga: “Com nada”. Mas o facto é que todos nós nos apegamos a alguma coisa, em geral a nós mesmos, ou, se somos cristãos, à nossa experiência evangélica. O salmista diz que devemos ser apegados ao temor de Deus. Devemos estar permanentemente conscientes de Deus e não apenas pensar nele de vez em quando. Toda a nossa vida interior e exterior deve estar a ser influenciada pelo temor a Deus, pela consciência de sua presença. Uma criança é normalmente tão carente de sua mãe que, embora não esteja pensando nela, quando surge um problema, a primeira coisa que lhe ocorre é sua relação com ela. Assim devemos nós viver também, nos mover e existir em Deus, Act.17:28 e relacionar tudo com ele, por estarmos mais conscientes dele do que de qualquer outra coisa deste mundo.

Se estamos de fato conscientes de Deus, nada mais pode interfe­rir, nenhuma preocupação, nenhuma tribulação, nenhuma ansiedade. Percebemos então por que razão o Senhor falou tanto do pecado da preocupação. Como nos atrevemos a ser tão incrédulos quando Deus está ao nosso redor? Estar consciente da presença de Deus “e andar e viver n’Ele”, Act.17:28, é ter uma barreira eficaz contra qualquer dos ataques do inimigo. “… Repousará a sua alma”, Sal.25:13. Na tribulação, na incompreensão, na calúnia… Se nossa vida estiver oculta com Cristo em Deus, ele nos manterá tranquilos no meio de todas essas coisas. Mas às vezes nós nos privamos da maravilhosa revelação desse permanente compa­nheirismo de Deus. “Deus é o nosso refúgio”, Sal.46:1 — nada nos invadirá dentro desse abrigo.

Bíblia em um ano: 2 Crônicas 17-18; João 13:1-20

Escrito por Oswald Chambers.

Confira mais devocionais escritos por Oswald Chambers, no original clicando aqui.

Texto retirado e traduzido de Utmost.org

A Igreja Espiritual

A Igreja Espiritual

A reconciliação significa recolocar toda a raça humana no relacio­namento correcto que Deus determinou para ela e é isso que Jesus Cristo alcança através da redenção. A Igreja deixa de ser uma sociedade espiritual quando passa a visar o seu próprio desenvolvimento...

O Santo Espiritual e Vigoroso

O Santo Espiritual e Vigoroso

A iniciativa do servo do Senhor não visa a auto-realização, mas antes o conhecimento do Senhor Jesus Cristo. A pessoa espiritual nunca pensa que situações sejam meros acasos, nem pensa em sua vida como sendo secular e sagrada; ela vê todas as situações em que se acha...

O Preguiçoso Espiritual

O Preguiçoso Espiritual

Todos nós somos potencialmente comodistas espirituais. Não queremos, por assim dizer, vermo-nos envolvidos com as durezas desta vida; nosso único objectivo é chegar a uma posição de comodidade. O que Heb.10 enfatiza é que devemos nos estimular uns aos outros e...

Share This