(41) 99821-2381 pecaoracao@gmail.com
A Segurança que vem de Deus
5 de Junho de 2020
Porque ele tem dito... Assim afirmemos confiantemente...
Hebreus 13.5,6
5 de Junho de 2020

Qualquer afirmação minha deve-se apoiar incondicionalmente sobre a de Deus. Deus diz: “De maneira alguma te deixarei”, então posso afirmar com coragem: “O Senhor é o meu auxílio, não temerei”, Heb.13:5,6 — não serei atemorizado pela apreensão. Isso não significa que eu não venha a ser tentado a ter medo, mas me lembrarei da afirmação de Deus. Estarei cheio de coragem como uma criança “esforçando-se” para atingir o padrão desejado pelo pai. A fé de muitas pessoas falha quando sobrevêm as apreensões; elas esquecem o significado da afirmação de Deus, esquecem de respirar fundo, espiritualmente. O único meio de conseguirmos arrancar de nós o pavor é prestar atenção ao que Deus afirma.

O que é que o está apavorando? Você não se acovarda diante dessa situação e resolve enfrentá-la, mas é dominado por um sentimento de pavor sempre que o faz. Quando não houver nada nem ninguém para ajudá-lo, diga: “Mas o Senhor é o meu auxílio, neste instante, na minha situação actual”. Você está aprendendo a fazer afirmações depois de ouvir a Deus, ou simplesmente faz afirmações e tenta fazer a Palavra de Deus ajustar-se ao que faz? Aproprie-se da afirmação do Pai e depois diga com coragem: “Não temerei”. Não importam o mal ou a injustiça que possam estar para ocorrer. Ele disse: “De maneira alguma te deixarei”.

A fragilidade é outra coisa que se intromete entre a afirmação de Deus e a nossa. Quando percebemos o quanto somos frágeis face a dificuldades, as dificuldades se transformam em gigantes, nós nos transformamos em gafanhotos e Deus deixa de existir. Lembre-se da afirmação de Deus: “Nunca jamais te abandonarei.” Teremos aprendido a cantar depois de ouvir Deus nos dar esse “tom”? Estaremos sempre possuídos de coragem para declarar: “O Senhor é o meu auxílio”, ou estaremos sucumbindo?

Bíblia em um ano: 2 Crônicas 23-24; João 15

Escrito por Oswald Chambers.

Confira mais devocionais escritos por Oswald Chambers, no original clicando aqui.

Texto retirado e traduzido de Utmost.org

A Igreja Espiritual

A Igreja Espiritual

A reconciliação significa recolocar toda a raça humana no relacio­namento correcto que Deus determinou para ela e é isso que Jesus Cristo alcança através da redenção. A Igreja deixa de ser uma sociedade espiritual quando passa a visar o seu próprio desenvolvimento...

O Santo Espiritual e Vigoroso

O Santo Espiritual e Vigoroso

A iniciativa do servo do Senhor não visa a auto-realização, mas antes o conhecimento do Senhor Jesus Cristo. A pessoa espiritual nunca pensa que situações sejam meros acasos, nem pensa em sua vida como sendo secular e sagrada; ela vê todas as situações em que se acha...

O Preguiçoso Espiritual

O Preguiçoso Espiritual

Todos nós somos potencialmente comodistas espirituais. Não queremos, por assim dizer, vermo-nos envolvidos com as durezas desta vida; nosso único objectivo é chegar a uma posição de comodidade. O que Heb.10 enfatiza é que devemos nos estimular uns aos outros e...

Share This