(41) 99821-2381 pecaoracao@gmail.com
Perturbado às Vezes?
26 de agosto
Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou.
João 14.27
26 de agosto de 2020

Existem ocasiões nas quais nossa paz mais se baseia na ignorância que noutra coisa; mas, quando despertamos para as realidades da vida, a paz interior torna-se impossível, a menos que a recebamos de Jesus pessoalmente. Quando o Senhor fala de paz, é ele que produz essa paz; suas palavras são sempre “espírito e vida”, João 6:63. Será que já recebi a paz de que Jesus fala? “A minha paz vos dou” — é uma paz que recebemos quando contemplamos a sua face e a entendemos e aceitamos por inteiro na sua imperturbabilidade e contentamento.

Será que você está perturbado neste momento, com a atenção desviada pelas ondas bravias da permissão providencial de Deus e, tendo, por assim dizer, revolvido até a última pedra de sua crença à procura dessa paz, alegria e conforto? Sua vida lhe parece totalmente infrutífera e estéril? Erga então os olhos e receba a imperturbabilidade e o contentamento do Senhor Jesus em si. A paz que se verá reflectida em si a partir de então, servirá como única prova de que está bem relacionado com Deus, porque está livre para voltar sua atenção só para ele. Se não estiver bem com Deus, não conseguirá voltar sua atenção para fora de si próprio. Se tem permitido que qualquer coisa lhe venha ocultar a face de Jesus Cristo, de duas uma: ou algo está perturbando seu espírito ou sua segurança é falsificada e forjada.

Você está contemplando Jesus agora no meio dessa situação que lhe está a exigir toda a atenção e recebendo a paz dele ainda assim? Se é assim, ele será para si e através de sua pessoa uma bênção de paz duradoura e imperturbável. Mas, se você se entregar à preocupação na tentativa de resolver a questão que o perturba, estará em vias de eliminar a atuação dele e merecerá as consequências que advenham disso. Se nos perturbamos é porque nossa atenção não está voltada para Cristo em Seu esplendor contínuo. Quando o consultamos, a perplexidade desvanece porque com ele não subsistem mais perplexidades. Nossa única preocupação deve ser permanecer nele a tempo integral. Exponha tudo diante dele e, face às dificuldades que possam ainda surgir, desolações e mesmo tristeza, ouça-o ainda dizer: “Não se turbe o vosso coração”, João 14:27.

Bíblia em um ano: Salmos 119:89-176; 1 Coríntios 8

Escrito por Oswald Chambers.

Confira mais devocionais escritos por Oswald Chambers, no original clicando aqui.

Texto retirado e traduzido de Utmost.org

O Propósito Predestinado do Missionário

O Propósito Predestinado do Missionário

A primeira coisa que acontece depois que compreendemos que fomos eleitos em Cristo Jesus, é a destruição de nossos preconceitos e de nossos bairrismos populares; somos transformados em servos dos propósitos do próprio Deus. Toda a raça humana foi criada para...

O Divino Mandamento de Vida

O Divino Mandamento de Vida

A exortação do Senhor nestes versículos é para que sejamos generosos com todas as pessoas sem qualquer excepção sequer. Cuidemos para que nossas afini­dades naturais não exerçam pesos e medidas sobre a nossa vida espiritual. Todos têm afinidades naturais e desse modo...

Você Permanece Firme Com Jesus?

Você Permanece Firme Com Jesus?

É verdade que Jesus Cristo está connosco em nossas tentações, mas será que permanecemos com ele nas tentações que ele sofre ainda? Muitos de nós param de acompanhar Jesus a partir do momento que conhecem através duma experiência o que ele pode fazer. Observe se,...

Share This